Missão e Valores

A AEFAL tem a missão de:
desenvolver e exercitar potencialidades mediúnicas
apoiar a divulgação de estudos que deem entendimento à diversidade das práticas mediúnicas
desmistificar o espiritismo, suas perspectivas e suas razões
compreender os conceitos espirituais e a diversificação dos estudos e pesquisas sobre a filosofia da evolução, do caráter científico do espírito e de sua teologia espírita
dar assistência espiritual e social aos que a buscam.
Se você tem interesse em ajudar a AEFAL a contribuir para um mundo melhor, faça sua doação!!

Valores

Ética
– Competência
– Enfoque assistencial educativo
– Dedicação à integração social e valorização do ser humano.
– Valorização do potencial humano
– Melhoria contínua da missão e visão da AEFAL.

CONDUTA IDEOLÓGICA E ÉTICA
1. Através dos estudos teóricos da filosofia espírita e dentro da prática da caridade prestada, encontrar uma apreciação razoável dos fatos, e das consequências que deles decorrem dentro da AEFAL, pois, se isso não fizéssemos o nosso entendimento e a nossa existência será de uma medíocre utilidade;
2. Como o objetivo da AEFAL é sempre procurar e encontrar a verdade dentro da filosofia espírita e se possível ir mais além, sempre acolheremos e estaremos abertos a todas as observações que nos forem endereçadas. E procuraremos, no limite de nossos conhecimentos, levantar dúvidas e lutar para esclarecer os pontos ainda obscuros que há dentro do Espiritismo;
3. O nosso grupo de estudos dentro da AEFAL será uma tribuna sempre aberta, onde a contradição, o debate e o esclarecimento jamais deverão se desviar das leis éticas. Procuraremos sempre discutir, debater e se for preciso, contradizer, mas nunca disputaremos. Pois as inconveniências de linguagem jamais tiveram boas razões aos olhos de pessoas sensatas. São armas daqueles que não têm a melhor, e que se reverte contra quem dela se serve;
4. O estudo da ideologia e da filosofia espírita, com as suas manifestações, de alguma forma é a do espírito que ocupa a matéria humana, e ao estudarmos estas fontes de maneira mais profunda e clara, ela acabará por nos oferecer uma mina inesgotável de observações, interessantes e instrutivas, sobre fatos gerais, pouco conhecidos sobre a nossa verdadeira essência;
5. No que concerne às manifestações atuais, procuraremos, dentro dos nossos grupos de estudos e dentro dos grupos atuantes na prática da caridade ostensiva, dar conta de explicar todos os fenômenos patentes, dos quais formos testemunhas ou vierem ao nosso conhecimento;
6. Dentro da AEFAL haverá uma parte reservada às comunicações dos Espíritos, sempre que tiverem um fim útil, para o esclarecimento, engrandecimento e o fortalecimento do segmento Espírita;
7. A filosofia espírita nos oferece e abre portas para encontramos soluções possíveis e racionais para nos esclarecer uma multidão de fenômenos morais e antropológicos, dos quais fizemos parte e somos testemunhas diariamente;
8. Os princípios básicos da AEFAL são os decorrentes do próprio ensinamento dos espíritos. Procuraremos sempre fazer abstração das nossas ideias. Não será, portanto, uma teoria pessoal que exporemos;
9. Contamos sempre com a ajuda benevolente de todos aqueles irmãos que se interessam por estas questões. Seremos agradecidos a todos pelas comunicações que nos forem enviadas sobre temas do nosso grupo de estudos, como também na prática de nossa caridade;
10. Procuraremos nunca responder aos ataques dirigidos contra o Espiritismo, contra seus partidários e até mesmo contra a AEFAL, pois acreditamos que, em certos momentos, o nosso silencio é a melhor resposta. Aliás, de certa forma, nos afastaremos das polêmicas que podem levar ao personalismo. A AEFAL jamais irá dar satisfação aos que amam e vivem de escândalos;
11. Mas não podemos negar que há polêmica e polêmica. E existe uma da qual nunca recuaremos jamais, ou seja, a discussão séria dos princípios da verdadeira Ideologia Espírita Universal, que irá nos fortalecer, esclarecer e nos levará a encontrar um universo amplo pelas ideias que professamos e acreditamos estar dentro da própria Doutrina Espírita;
12. Se preciso for, faremos com que essas polêmicas sejam debatidas todos os dias, através do grupo de estudo, palestras, etc… E àqueles que nos procurarem, estaremos sempre dispostos a dar respostas, e se por acaso, no momento não as tivermos, iremos buscar estejam onde estiverem;
13. E sem nos envergonharmos, confessaremos a nossa insuficiência sobre os pontos que não nos foi possível responder. Longe de nós repelirmos as objeções e as perguntas a nós dirigidas. Ao contrário, sempre que possível, nós iremos solicitá-las, pois elas serão um meio de esclarecimento e oportunidade de nos aprofundarmos dentro da ideologia em que acreditamos e pela qual lutamos;
14. Se emitirmos o nosso ponto de vista, isso é apenas uma opinião pela Ideologia Espírita que acreditamos, mas que não pretendemos impor a ninguém, pois acreditamos na procura de nossa essência e da fé pelo nosso livre-arbítrio. Levaremos sempre a nossa visão ideológica à discussão, quando for preciso, e estaremos prontos para renunciá-la se nosso erro for demonstrado de forma clara e transparente dentro da teologia espírita;
15. A AEFAL tem como finalidade oferecer um meio de esclarecimento a todos os irmãos espíritas e não espíritas que se interessarem por estas questões, seja dos estudos, seja da prática da verdadeira caridade, através de nossos atos. Significa que ligamos, por um laço comum, os que compreendem a verdadeira doutrina espírita sob seu verdadeiro ponto de vista moral, a busca de novos caminhos que nos esclareça dentro da nossa própria filosofia espírita e nos ajudem a alcançar nossa evolução para nos conduzirmos e podermos, de forma equilibrada, praticar o bem e a caridade para todos.
Mensagem enviada por Mestre Agostinho em 29 de novembro de 2004, através do médium Cláudio Antônio da Silva Carvalho, da AEFAL, para demonstrar a postura ética, ideológica e o segmento espírita da AEFAL.

Endereço:

Rua Colatina, nº 04, no bairro Renascença – CEP: 31 169-020 – BH/MG.

Telefone:

31 3423-0051